Quinta-feira, 10 de Março de 2011

Mais uma "remontada" dá vantagem para Paris!

O Benfica recebeu e venceu esta noite o Paris Saint-Germain por 2-1, na 1ªmão dos Oitavos-de-Final da Liga Europa, e vai assim em vantagem para o encontro da 2ªmão, na próxima semana na capital de FranÇa.

 


Foi uma primeira parte muito equilibrada no Estádio da Luz, com boas oportunidades de parte a parte e com momentos de bom futebol. A equipa parisiense mostrou-se muito perigosa nas transiÇões ofensivas e criou muitas dificuldades à defensiva encarnada, que foi apanhada algumas vezes em contra-pé. É também verdade que Luisão e, especialmente Sidnei, cometeram erros que não são muito normais e que puseram em alarido a seguranÇa, não só da equipa, mas de todo o público presente na Catedral. Foi numa dessas jogadas rápidas que o Paris SG se adiantou no marcador, por intermédio de Luyindula, à passagem dos 15 minutos. Mais uma vez e pelo 4º jogo consecutivo na Luz, o Benfica via-se a perder!

A reacÇão nos minutos seguintes não foi a melhor e notou-se um claro nervosismo nos jogadores encarnados. Muitos passes falhados, demasiada ânsia em resolver os lances ofensivos e alguma descoordenaÇão nos processos de jogo diga-se. Cerca de 10 minutos antes do intervalo, o Benfica comeÇou a assentar melhor o seu jogo e após algumas oportunidades de golo desperdiÇadas, foi com naturalidade que Maxi Pereira empatou a partida num belo golo, aos 42 minutos. Pode-se dizer que foi justo ser o lateral uruguaio a fazer o tento, tendo em conta que na minha opinião foi o melhor elemento dos Campeões Nacionais nos primeiros 45 minutos.

 

No segundo tempo, talvez pela primeira parte de elevado ritmo realizada pelas duas equipas, o jogo foi muito menos intenso e mais jogado a meio-campo, com as oportunidades de golo a escassearem, sobretudo para o lado francês. Com as entradas de Franco Jara e Pablo Aimar, o Benfica tomou totalmente conta da partida e só a falta de eficácia não valeu a vantagem no marcador. Um momento relevante no jogo também foi uma clara grande penalidade não assinalada a favor dos Encarnados, em que o defesa Makonda derruba claramente Saviola, que ficava em excelente posiÇão de marcar. Como é que foi possível o árbitro checo não ver aquilo?! Parece que até na Europa temos de levar com estas tretas!

Aos 81 minutos, Franco Jara num excelente remate à entrada da área gaulesa, colocou finalmente justiÇa no marcador, tal estava a ser o caudal ofensivo do Benfica na segunda metade da segunda parte. O mais importante estava alcanÇado: a preciosa vantagem para a segunda mão em Paris, na próxima Quinta-Feira.

 

O sonho europeu do Glorioso continua bem vivo e na próxima Quinta-Feira no Parque dos Princípes, com o grande apoio da enorme comunidade emigrante portuguesa, o Benfica tem todas as possibilidades de confirmar o apuramento para os Quartos-de-Final da Liga Europa, pelo segundo ano consecutivo!

 

SaudaÇões Benfiquistas e VIVA o BENFICA!!!


publicado por mWo às 23:15
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Março de 2011

É precisa uma nova versão do Angry Birds...

O boloposte do BnR B acha o famoso jogo "Angry Birds" inspirador (link). Concordo inteiramente, mas eu cá acho que esta versão do jogo seria mais interessante para a NaÇão Benfiquista, por estes dias...

 


publicado por mWo às 19:45
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Março de 2011

Historial do Glorioso nas competiÇões internacionais

 

Na próxima Quinta-feira, no jogo 333 da grandiosa história internacional do Sport Lisboa e Benfica, vamos todos apoiar os nossos jogadores em mais uma difícil etapa da Liga Europa, rumo ao sonho de todos nós: a presenÇa em Dublin no dia 18 de Maio!

 

VIVA o S.L.BENFICA!!!


publicado por mWo às 13:28
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 6 de Março de 2011

Adeus ao título com o "caldinho" de Braga...

O Benfica foi esta noite derrotado em Braga por 2-1 frente à equipa local e praticamente despediu-se definitivamente da revalidaÇão do título nacional, ficando agora a 11 pontos do líder. É algo curioso que o Benfica seja literalmente afastado do título esta temporada, de forma tão canalha, nas duas deslocaÇões ao Minho...são as tais "coincidências" do futebol português!

 

Quem acompanha este blog sabe que sempre que faÇo as minhas análises aos jogos do Glorioso, faÇo-as quase sempre tendo em conta os aspectos futebolísticos propriamente ditos, algo que por vezes me questiono se será razoável vivendo no país que temos e nesta espécie de futebol onde, infelizmente, o Benfica está inserido. Ora hoje ao ver o jogo em Braga, tal como já tinha sentido no famoso V.Guimarães-Benfica (embora menos é verdade), sinto-me um completo idiota em querer falar do futebol jogado, quando na prática são os aspectos externos a condicionar e a decidir o desenrolar das partidas. É de uma inutilidade extrema falar nos aspectos técnicos e tácticos do jogo de hoje depois daquele degradante espectáculo. E hoje não me sinto com vontade de ser idiota, por isso quem estiver a espera de ler no resto do post, uma crónica técnico-táctica do jogo pode já parar por aqui a leitura e ir a outro sítio da internet.

 

Vou comeÇar pela encomendada equipa de árbitros que esteve no Minho. Quem tinha dúvidas dos resultados do condicionamento feito ao longo da semana aos indivíduos que arbitraram a partida, depressa ficou elucidado dos mesmos. O fora-de-jogo mal assinalado a Franco Jara, no qual o argentino fazia golo, foi a primeira amostra do "caldinho" preparado para "cortar as pernas" aos Campeões Nacionais na luta pelo título. A dualidade de critérios foi absolutamente gritante, tendo o seu ponto máximo na expulsão absurda de Javi García, numa altura em que o Benfica estava em vantagem e a partida estava totalmente equilibrada. É já o terceiro jogo fora, em casa dos rivais, em que colocam o Benfica a jogar com 10 (Porto, Sporting e hoje). E o facto é que esse lance mudou totalmente o desenrolar do jogo e colocaram, mais uma vez, o Benfica a jogar em armas desiguais perante os adversários. Achei incrível o defesa do Braga, Kaká, não ter sido expulso por acumulaÇão de amarelos, tantas foram as faltas que fez, sobretudo sobre Cardozo. O segundo golo do Braga nasce de uma claríssima falta que ficou por assinalar sobre Jara no meio-campo. Já para não falar do constante confrontamento e condicionamento feito pelos raivosos jogadores do Braga...

O que posso dizer é que sinto uma enorme admiraÇão pelos jogadores do Benfica, pois era muito fácil perderem a cabeÇa perante estes factos, mas não o fizeram pela dignidade que têm e pela honra à camisola que envergam. Aguentar toda aquela escumalha é de verdadeiros Campeões e por isso têm o meu total respeito. Ainda mais perante um adversário extra-motivado, com uma agressividade anormal e uma determinaÇão excepcional. Se apresentassem contra as outras equipas da Liga os mesmos níveis, talvez não estivessem na posiÇão em que estão, e dou apenas o exemplo do jogo entre amigos: Braga-Porto. Quem olhar para um jogo e para o outro, fica pasmado como uma equipa pode mudar tanto de atitude.

 

Outro aspecto a realÇar é o público que esteve hoje no estádio e o ambiente criado em redor. Creio que a frase ilucidativa foi proferida pelo repórter do canal que transimitiu o jogo, onde na altura do golo de Saviola, ele diz, e estou a citar: "Os adeptos pertencentes à claque do Sp.Braga partiram literalmente para cima dos adeptos benfiquistas que festejaram o golo na bancada, de modo a agredi-los". A partir do momento em que isto se passa num estádio de futebol, é completamente natural que chovam bolas de golfe e demais objectos para dentro do campo. É impressionante o ambiente de provacaÇão (o bandalho do speaker deu um espectáculo e tanto), intimidaÇão e de ódio criado em volta do que devia de ser um simples jogo de futebol e tudo por um mesquinho e cobarde complexo de inferioridade que gira em volta dos adversários do Benfica. Não consigo compreender como é possível estar na vida assim. É de uma extrema gravidade estar desta forma num palco desportivo, que eu às vezes me pergunto (estupidamente!) se vivo numa sociedade civilizada sinceramente. 

 

OuÇo muitos benfiquistas dizerem que temos de estar habituados a isto e que temos de ser muito superiores para ultrapassar estes obstáculos, mas eu discordo categoricamente! Por que raio temos de nos habituar a esta treta?! Por que raio temos de ser muito superiores para vencer isto?! Que eu saiba não é nada demais pedirmos por justiÇa e igualdade num país que se diz democrático! É tempo de dizer basta aos verdadeiros roubos de que somos alvo, dos insultos e faltas de respeito permanentes da escumalha que passa a vida a usar métodos baixos para nos derrubar. Somos o MAIOR clube deste país e isto não pode ser admitido! Era só o que mais faltava!

 

E com toda esta merda em volta, e peÇo desculpa pela linguagem, o Campeonato ficou "oficialmente" perdido, pois como toda a gente com o mínimo de inteligência sabe, ele já estava perdido desde o final das 4 primeiras jornadas. Pode-se dizer que hoje foi o enterro, pois o funeral já estava preparado à MUITO tempo.


Temos agora de apontar baterias totalmente às TaÇas nacionais e à Liga Europa, onde dependemos apenas de nós e onde temos boas hipóteses de as vencer. E o primeiro teste vem já na próxima Quinta, na Catedral, frente ao Paris SG.

 

SaudaÇões Benfiquistas e com MUITO ORGULHO e de cabeÇa bem levantada, VIVA o BENFICA!!! 


publicado por mWo às 23:45
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 3 de Março de 2011

PaÇos de Ferreira: um digno adversário!

 

E aí está! Já é conhecido o nosso adversário na Final da TaÇa da Liga em Coimbra, no dia 23 de Abril: chama-se PaÇos de Ferreira! Como é óbvio, acompanhei com alguma curiosidade o jogo desta noite e devo confessar que fiquei contente por a equipa pacense vencer, e muito bem diga-se, e se juntar a nós na partida decisiva do próximo mês. Não só por ter grande simpatia pelos nossos dois jogadores emprestados, David Simão e Nélson Oliveira, e por ser na minha opinião dos clubes mais honrados e dignos do nosso futebol, mas também pela qualidade excelente do seu futebol, e muito disso é obra do treinador Rui Vitória, pelo qual também nutro grande respeito. E vencer na Choupana, por 4-3, com o "artista" do Soares Dias a tentar ajudar os amigos madeirenses do Papa, é revelador das virtudes dos nortenhos.

 

Aquando da visita do PaÇos à Luz em Outubro do ano passado, creio eu, fiquei muito agradado com a qualidade de jogo apresentada frente ao Benfica, algo que como se sabe não é muito normal nas equipas do nosso campeonato. Pelo que me lembro até este momento, foi a melhor equipa nacional que vi jogar na Catedral esta temporada e apesar do resultado ter sido 2-0 a nosso favor, até achei na altura que a diferenÇa mínima talvez fosse mais justa. E até a Liga que os "Castores" estão a realizar é prova da sua qualidade. Com um dos orÇamentos mais baixos da competiÇão, estar em 4ºlugar não é para todos, e até acho que se subir para 3º, não é nada de admirar, pois comparando com a qualidade de jogo dos seus oponentes mais directos, Sporting e V.Guimarães, ninguém com dois olhos de ver, nega a superioridade demonstrada pelos homens da Capital do Móvel.


Espero ver um grande espectáculo no dia 23 de Abril na final. Tenho a certeza que vai ser um belo jogo e que o Benfica vai ter de estar ao seu melhor nível para conseguir o Tri na competiÇão, frente a um PaÇos que com certeza vai dar uma bela e digna luta.

 

VIVA o BENFICA!!!


publicado por mWo às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 2 de Março de 2011

Vitória no Derby, Capítulo 124 - Sofrer rumo à Final!

O Benfica recebeu e venceu esta noite o Sporting por 2-1, no "Derby dos Derbies" a contar para as Meias-Finais da TaÇa da Liga, e qualificou-se para a final da competiÇão pelo terceiro ano consecutivo! Foi mais um triunfo dos Campeões Nacionais, que conseguiram assim a 18ª vitória consecutiva em jogos oficiais, 16ª vitória em 16 jogos neste ano de 2011 e claro, a 3ª vitória em 3 Derbies nesta temporada. Já lá vão mais de dois anos sem o nosso rival nos ganhar um clássico...

 


Foi uma primeira parte complicada para os Encarnados, como aliás já esperava sinceramente. Este era o jogo da vida do nosso adversário, a última esperanÇa de conquistarem alguma coisa na sua mediocre época. O Benfica não entrou tão forte como seria expectável e o Sporting muito bem organizado diga-se, soube controlar na maioria do tempo as inventidas atacantes da nossa equipa. A primeira oportunidade de golo foi de Gaitán, que num remate cruzado não conseguiu bater Rui Patrício, com a bola a passar à frente da baliza leonina sem que ninguém empurrasse para dentro. Pelo contrário, na primeira vez que foi à baliza de Roberto, o Sporting não perdoou e Hélder Postiga inaugurou o marcador, num lance claramente com culpas para o guarda-redes espanhol. Não é possível com aquela altura, que não se saia com mais determinaÇão à bola e era isso que devia ter feito Roberto.

A partir desse momento o Benfica teve de aumentar mesmo o ritmo do jogo e empurrar o adversário para o seu meio-campo, embora não tenham sido muitas as ocasiões de golo que os Encarnados criaram. A mais flagrante foi o penalty concedido às Águias, por clara falta de Polga sobre Javi García na sequência de um livre. AbraÇos acho que só se dão no fim do jogo, mas o central do Sporting quis antecipar o momento. Infelizmente, Óscar Cardozo falhou a chance de empatar a partida. Eu sinceramente acho que se devia experimentar outros jogadores para a marcaÇão destes lances...Mas o que é certo é que no canto resultante do penalty, o mesmo Cardozo, de cabeÇa, fez questão de corrigir o falhanÇo anterior e empatou a contenda. 1-1 foi o resultado com que se chegou ao intervalo.

 

 

No segundo tempo, devo dizer que me desiludiu imenso a exibiÇão da equipa. É verdade que foi sempre o Benfica que tomou as rédeas do jogo, mas também é verdade que raramente os Encarnados deixaram os visitantes em dificuldades. Na minha opinião, foi notório o cansaÇo da equipa. Naquelas alturas onde era necessário aumentar o ritmo do jogo para fazer os necessários desequilíbrios, notava-se que as forÇas não eram muitas. Após uns últimos minutos frenéticos, com respostas de lado a lado, embora com mais volume ofensivo do Glorioso, Javi García nos descontos deu a preciosa vitória aos Campeões Nacionais num lance de insistência. Foi o alívio total na naÇão Benfiquista, num jogo sem muita inspiraÇão mas com muito crer e que na minha opinião foi o aspecto essencial para vencer esta noite.

 

Está obtida a qualificaÇão para a primeira final da época, desejando-se que seja a primeira de pelo menos, mais uma, a da TaÇa de Portugal. Agora é esperar pelo adversário no encontro de 23 de Abril em Coimbra. Nacional e PaÇos de Ferreira discutem a passagem amanhã na outra meia-final.

 

SaudaÇões Benfiquistas e VIVA o BENFICA!!!



publicado por mWo às 22:50
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 1 de Março de 2011

Campeonato da Treta - Parte II

Tendo em conta que estamos com dois terÇos da Liga cumpridos e a recta final já está em andamento, com o Benfica, em ENORME forma, ainda a tentar lutar pela revalidaÇão do seu título, acho que é importante e imperativo relembrar, novamente, as pessoas, de como se chegou até ao panorama actual da competiÇão. Dando sequência ao post escrito no dia 7 de Dezembro do ano passado, aqui estão aquelas, que deveriam ser, as contas do Campeonato, tendo em conta os jogos onde, na minha opinião, houve claramente influência nos resultados:

 

  • BENFICA (-6 pontos)


1ªJornada: SLB 1-2 Académica

Dois penaltys claríssimos por marcar a nosso favor (um sobre Javi García e outro sobre Saviola), quando o jogo estava 1-1. Creio que é óbvio que daria vitória para o Benfica e os 3 pontos.

 

2ªJornada: Nacional 2-1 SLB

Um penalty por marcar a nosso favor (sobre Fábio Coentrão), quando o jogo estava 1-0 para o Nacional. Poderíamos ter empatado o jogo. Pode-se dizer que teríamos mais 1 ponto, mas este até dou de barato.

 

4ªJornada: V.Guimarães 2-1 SLB

Dois penaltys claríssimos por marcar a nosso favor (um sobre Aimar na 1ªparte e outro sobre Carlos Martins na 2ªparte) e 2 foras-de-jogo muito mal tirados em situaÇões de golo iminente (um a Saviola na 1ªparte e outro a Cardozo na 2ªparte). Sem a mínima dúvida, dava para os 3 pontos.

 

  • Clube Regional Assumidamente Corrupto  (+9 pontos)

 

1ªJornada: Naval 0-1 CRAC

Vitória obtida com um penalty mal assinalado aos 85 minutos. Bola vai à mão do defesa da Naval. Mais 2 pontos.

 

3ªJornada: Rio Ave 0-2 CRAC

Primeiro golo é obtido de forma irregular. Falcao faz falta sobre o guarda-redes do Rio Ave, impedindo-o de defender o remate.

Penaty claríssimo a favor do Rio Ave, num lance onde Álvaro Pereira faz duas faltas consecutivas(!), o jogo estava 0-1 (com golo falso). Pelas minhas contas, mais 2 pontos.

 

4ªJornada: CRAC 3-2 Braga

Penalty por marcar a favor do Braga já nos descontos, num lance onde Belluschi faz falta sobre Paulo César, impedindo o brasileiro de rematar. Mais 2 pontos.

 

7ªJornada: V.Guimarães 1-1 CRAC

Penalty por marcar a favor do Guimarães, num lance onde Fucile (que já devia de estar na rua nesta altura, por acaso) faz falta sobre Edgar. Seria derrota para o CRAC e lá ia a "grande" invencibilidade à vida. Mais 1 ponto.

 

12ªJornada: Lagartos 1-1 CRAC

Golo dos Lagartos é precedido de fora-de-jogo. Maicon não devia ter sido expulso. CRAC prejudicado em 2 pontos.

 

13ªJornada: CRAC 1-0 V.Setúbal

Vitória obtida com um penalty completamente inexistente de Collin num lance com Falcao. Nem falo do penalty do V.Setúbal ter sido repetido, porque também não acho que seja penalty. Mais 2 pontos.

 

17ªJornada: Beira-Mar 0-1 CRAC

Vitória obtida com um penalty mal assinalado a André Marques num lance com Hulk, em que o brasileiro simula claramente a falta. Mais 2 pontos.

 

Vamos então fazer as contas:

  • BENFICA 48p (-6 pontos) -> 51+6=57
  • Clube Regional Assumidamente Corrupto 59p (+9 pontos) -> 59-9=50

 

Creio que mais claro é impossível!... É bom que as pessoas não se esqueÇam dos factos que aconteceram neste Campeonato vergonhoso! É assim que se faz um Campeão nesta República das Bananas, que é o nosso futebol, que não dislustra nada do país diga-se! De 7(!) pontos de desvantagem, passa-se a 8(!) pontos de vantagem! Estamos a falar de uma diferenÇa total de 15 pontos! Isto é que tem de ser dito e repetido quantas vezes for preciso! Estão de volta os "fantásticos" anos 90 do nosso futebol! Não sei se será com fruta, leite com chocolates ou outra treta qualquer, mas o que é certo é que voltou tudo ao mesmo...A falta de vergonha parece que não morreu com o Apito Dourado, antes pelo contrário, ainda está mais descarada!

 

País da TRETA, Campeonato da TRETA! E como o grande Ricardo Araújo Pereira disse ontem na nossa Gala, se hover justiÇa, o Inferno está e vai estar cheio de Lagartos e, sobretudo, acrescento eu, Andrades!

 

 

Sempre, e com muito orgulho, VIVA o BENFICA!!!!


publicado por mWo às 18:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mWo


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

.mais comentados

.pesquisar

 
origem

.Blogs Gloriosos


Aliança Benfiquista

JuniorNeves: Um Glorioso Artista

Os meus outros clubes

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds